Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2016

Balada do encontro

De certo
Existe um "Eu"
próprio
nesse
nosso
desarranjo.Um limbo
todo
pronto
de ausências
e encontros.Entre
nossas línguas
e idiomas
O lugar-comum
dos acordos.O fato, ó flor
é que há
dentre nós
um espaço novo.
Pertencente
aos embaraços
nossos,
costumeiros
ou não.E de pronto
quase
por descuido
pouso
secretamente
onde me negasEvidenciando
o equívoco
de saber de ti
Apenas
o que me oferta.Então me negas
e talvez
ainda hojete encontre mais.

Messalina

Rasga-me
homem,
carne
e sexo.
Passeia
as trilhas
descampadas
do desejo ardente
e sujo.
Espreita
com teus
lábios
sábios,
o templo
às minhas coxas.

Devora-me
no canto
no teto
entre as frestas,
sob os muros
e eras.
Gorjeias teu som
de fera
e se apressa
a arrancar
trêmulo
o fôlego,
sopro
e chama.

Incendeia-te
Bruto singelo
pequena morte
consome de nós
os restos tortos
e doces
de outro tempo
mais ameno.

Mastiga-me
Posto, o seio
que o alimenta.
Messalina tua
a prover-te
leite
gozo
e permanência.

Visto que só
se adivinha tua
a cavalgada.
Os incêndios
todos
Intrépidos
de lava

Por ora,
Benfazejo homem
do teu corpo
escrava.


Canto aos Mortos.

teciam, os mortos.
Contos
e mortalhas.
segredando à noite
e ao tempo
ao homem-vivo
de presença.
Estendendo ao acaso
apertos
e passos. cingindo no homem
o semblante.
Amante de pássaros,
posto que voa
e flutua.
Perene ainda
ao teu canto Canto nosso.
Canto de pátria
se é como chamas
tua terra
prata límpida
e saudade. Estrondoso
o grito
agúdo
perdido do verso Desvelando no vento
peito
sofrego
chamamento
ao amigo.

Viagem ao mundo

Ainda
Por hoje
Estende-te
longos
os braços.
E abraços
cálidos
De súbita radiância.
luz nova.Apressa-te
e parte.
Cruza as pontes.
Detêm os monstros.
Devora o osso.
Consome o corpo,
o veneno.
Seiva do outro.E volta.Peito é casa.
Morada.
fortaleza.
monumento
Íntimo
e branco
perolado.
Branco
como aqueles
que vertes
aos baldes
de óleo
e lágrima.Apequena
e diminuí.
Demora-te,
nas curvas
e cabelos
pelos
Soltos
Fragmentos de estrada.
Na boca
Escancarada
Paisagem
Iluminada de nós.E volta.