diálogos de peixe

saudades.

também, estás pelo rio?

pelo rio, navegando
em ilusão.

lindo.

beleza
é nosso encontro
de corpo
de vida.

sim, mas a ilusão
existe.

existe,
é mar bravo,
já deixou de ser rio
suspeito.

para o mar
se foi o rio
novamente.

e lá vai José
nas corredeiras
marinheiro de rio,
canoeiro
de saudade.

Postagens mais visitadas deste blog

(uni) inverso das coisas

Marginais Imaculados

fragmento perdido